COMPARTILHAR

Na recém-terminada edição da prova, que teve lugar em Durban na vizinha África do Sul, as também campeãs nacionais, atingiram o seu melhor desempenho desde que participam da competição, terminando como vice-campeãs da prova. Derrota na final diante do Sunrise de eSwatini por 3-2.

Para além do inédito segundo lugar, a equipa de Nampula viu três das suas jogadoras serem premiadas, com destaque para Ana Sinaportal que foi eleita melhor jogadora do evento.

O prémio de melhor defesa, também veio na bagagem das campeãs nacionais, e foi ganho por Juliana Júlio. Ainda no capítulo das premiações, Ancha Mitequia foi a melhor passadora numa prova que teve participação de 12 equipas de países da região.

O desempenho mereceu homenagem por parte da Universidade pedagógica. O reitor desta instituição de ensino, Jorge Ferrão, entende que a equipa da UP Nampula deve merecer especial atenção daqui em diante por aquilo que tem vindo a alcançar dentro e fora do país.

“Entendemos que possam estar frustradas por não terem conseguido chegar ao título, mas nós louvamos o esforço que fizeram para alcançar esta medalha de prata” começou por dizer Ferrão, antes de garantir que serão criadas condições para que a equipa esteja no africano de Abril do próximo ano.

“Estou seguro que a equipa estará no africano do próximo ano. Quando é para representar Moçambique não há nada que nos impeça, vamos criar condições para que a equipa esteja no africano”, garantiu.

“Foi difícil mas conseguimos. Desde 2012 que participamos e este é o nosso melhor desempenho, estamos felizes. Não esperávamos que a UP sede, através do Reitor, nos prestasse homenagem. O gesto dá-nos mais força para próximas batalhas” disse a capitã.

A UP Nampula também fornece jogadoras às selecções nacionais de voleibol de sala. “Ser melhor defesa num evento regional é uma grande honra. Estou orgulhosa de mim e da equipa”, referiu Juliana Júlio.

A direcção da UP Nampula diz que é o resultado do projecto traçado nos últimos anos. “Isto mostra que o projecto traçado esta a dar certo. Estas atletas, para além de jogadoras tem formação académica superior feita na UP. Destas, apenas duas é que não fazem parte dos nossos quadros. Acho uma homenagem reconhecida” finalizou José Maússe, Presidente do Clube de Desportos da Universidade Pedagógica de Nampula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui