SHARE

Nos últimos oito jogos em Old Trafford, o Manchester United ganhou apenas dois. Um registo ao qual José Mourinho não quer dar importância, na véspera do encontro frente ao Young Boys, a contar para a 5.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

“Seria uma falta de respeito para o estádio e para os adeptos dizer que preferia não jogar em casa. Prefiro sempre jogar no nosso estádio. Quem sentir pressão que fique em casa e veja o jogo pela televisão”, começou por dizer Mourinho na antevisão da partida desta terça-feira.




Em caso de vitória, o Manchester United fica apurado para os oitavos-de-final da liga milionária.

“Não é um jogo crucial porque, se não vencermos, continuamos a não depender de outros resultados. Mas quero que a equipa entre em campo como se esta fosse a nossa última oportunidade de nos qualificarmos. Quero que a equipa se esqueça que temos outra oportunidade, quero jogar como se de uma eliminatória se tratasse. E vou escolher uma equipa capaz de lidar com essa pressão”, garantiu o português.

“Quero que a equipa entre forte, não na expetativa. Devem pensar que sou eu que peço para começar os jogos assim, mas é o oposto. Quero que comecem forte e que procurem o golo desde o primeiro minuto”, sublinhou ainda José Mourinho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here