COMPARTILHAR

Com o apuramento para os oitavos-de-final já matematicamente garantido, o Real Madrid despediu-se da fase de grupos da Liga dos Campeões com uma histórica derrota diante dos seus próprios adeptos, na receção ao CSKA Moscovo, por 0-3.

Aos 37 minutos, Fedor Chalov tentou a sorte de fora da grande área e, com um remate colocado, colocou a bola no fundo das redes à guarda de Thibaut Courtois. Apenas seis minutos depois, Georgiy Schennikov aproveitou uma falha defensiva para alargar a vantagem russa.

Já no segundo tempo, a equipa de Santiago Solari, que optou por poupar algumas das suas principais peças, viu o cenário piorar ainda mais. Arnór Sigurdsson marcou e fechou aquela que foi a mais pesada derrota da história do Real Madrid em ‘casa’ para a Liga dos Campeões.

Apesar do ‘brilharete’ na capital espanhola, o CSKA Moscovo diz ‘adeus’ às competições europeias. Isto porque, na República Checa, o Viktoria Plzen também surpreendeu, ao bater a AS Roma por 2-1, graças aos tentos de Kovarik e Chory.

Feitas as contas, o grupo G termina com o Real Madrid no primeiro lugar, com 12 pontos, seguido de AS Roma, com nove, e de Viktoria Plzen e CSKA Moscovo, com sete. Neste caso, o confronto direto acabou por sorrir aos checos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui