COMPARTILHAR

Em Portimão, dos cinco primeiros só o Moreirense venceu. Sporting, Benfica e Vitória SC perderam e o Sporting de Braga não foi além de um empate. Resultados que deixam Sérgio Conceição alerta para uma equipa que, segundo o treinador portista, tem bons valores e boas ideias atacantes. Antes da receção ao Liverpool, o treinador portista apontou todas as baterias para a partida com os algarvios. «Estamos atentos ao que é esta equipa do Portimonense e estamos focados na importância deste jogo para nós.

Falou aí na eliminatória da Liga dos Campeões, mas para nós isso não conta, conta é o jogo de amanhã e os três pontos para o nosso objetivo, que é o campeonato», começou por dizer esta sexta-feira, em conferência de imprensa. «Isso [resultados do Portimonense frente a equipas do top 5]  é demonstrativo daquilo que é a qualidade individual do Portimonse dentro de um coletivo que, principalmente no processo ofensivo funciona bem. é uma equipa perigosa, com bons jogadores, que tem feito muitos golos.

Tem algumas fragilidades, vamos ver como vai jogar amanhã. Temos a experiência do jogo do Dragão, que apresentou três centrais. Estamos preparados, mas olhamos para o que nós temos de fazer. Fiéis à nossa identidade, capazes de definir o caminho do próprio jogo», acrescentou. O técnico rejeitou uma possível gestão a pensar no jogo da segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões e praticamente descartou a utilização de Aboubakar já diante da formação algarvia. «Em relação à gestão, não há gestão absolutamente nenhuma.

Amanhã temos um jogo fundamental na nossa caminhada e naquilo que definimos depois do jogo com o Liverpool. Foco total no jogo com o Portimonense. Cada vez mais se aproxima o fim do campeonato, os jogos têm o seu peso e temos de estar preparados para ganhar e esperar algum deslize do rival, mas estamos preocupados connosco, em fazer os nossos pontos e amanhã, sendo este um campo difícil, estamos preparados para o ganhar», acrescentou. «[Aboubakar] esteve quase sete meses parado.

Está disponível em termos do relatório do departamento médico. Está disponível para a competição, isso é uma coisa, outra é ter ritmo. Ele treina, adquire algum ritmo, mas é sempre diferente daquilo que é o jogo e estamos conscientes disso. Não queremos queimar etapas, sabemos que foi uma intervenção delicada», lembrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui