SHARE

Nem uma hora esteve Cristiano Ronaldo no Tribunal da Audiência Provincial, em Madrid, na presença de Georgina Rodríguez e o advogado José António Choclán. O internacional português apareceu sorrindo, acenou aos presentes e até deu alguns autógrafos.

Na audiência, Ronaldo assumiu a culpa de quatro delitos fiscais entre 2011 e 2014 – durante a sua passagem pelo Real Madrid -, aceitando pagar 18,8 milhões de euros de multa, além de 23 meses de prisão, com pena suspensa.

Também Xabi Alonso, antigo companheiro de CR7 no Real Madrid, não foi declarado nenhum tribunal de direito, foi acusado de ter cometido um crime fiscal ao declarar os direitos de imagem quando era um jogador dos  merengues .

O Ronaldo será condenado a dois anos de prisão… O julgamento da fraude já tem data marcada

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here